Conteúdos e Dicas para Autores e Pesquisadores Acadêmicos
Cristiane Polo
Universidade de São Paulo - Brasil
Eu estou muito satisfeita com a qualidade da Revisão e Correção de Textos em Inglês da Enago. O revisor fez as correções necessárias para aprimorar a qualidade do meu manuscrito. Fazer o pedido e efetuar o pagamento através do site é muito fácil. Com certeza, eu terei meus próximos manuscritos revisados pela Enago e recomendo essa empresa a todos que precisarem de Revisão de Inglês de alta qualidade para os seus artigos científicos.
Stylianos Kampakis
University College London - Inglaterra
Excepcional serviço para autores não nativos e que escrevem em inglês. O serviço de Revisão de Inglês da Enago me ajudou a formular minhas ideias de forma a alcançar mais clareza/objetividade, como também eliminar erros gramaticais comuns. Além disso, o arquivo revisado é entregue no prazo prometido a um valor justo. Estou satisfeito com a experiência que tive.
Marcelo Ricardo Vicari
Universidade Estadual de Ponta Grossa Brasil
Enago proporciona aos não nativos de língua Inglesa a chance de sentirem-se confiantes no Enago proporciona aos não nativos de língua Inglesa a chance de sentirem-se confiantes no momento de submeterem seus manuscritos aos Periódicos Ingleses ou Americanos. O meu manuscrito está em análise para publicação em um periódico altamente competitivo, após ter usado os serviços de Revisão...
Saim Emim
University of Nova Gorica - Eslovênia
O serviço de revisão de texto fornecido pela Enago é excelente. O revisor melhorou a fluência da linguagem em meu manuscrito. Os profissionais da Enago têm expertise no assunto e o relatório de avaliação do manuscrito fornecido gratuitamente, juntamente com o arquivo final revisado, ajudou-me a compreender a extensão das mudanças, apresentando as áreas que necessitam melhorias para os meus futuros projetos....

Tese e dissertação: saiba a diferença

29 April 2019   |  Postado em Manuscript & Grants, Reporting Research   |   Sem Comentário   |  Faça um Comentário

Um diploma de pós-graduação geralmente requer a conclusão de uma tese ou dissertação, e há uma diferença entre as duas coisas. Na época de Shakespeare, um candidato a um mestrado escrevia uma tese, ou seja, um artigo original no qual ele sustentava uma certa proposição. Ele lia a sua tese para o seu comitê de avaliação e depois se sentava em silêncio enquanto dois membros do corpo docente refutavam tudo o que ele dizia ponto por ponto. A ênfase aqui era nas ideias do aluno e na sua capacidade de organizá-las e expressá-las claramente. Se um estudante desejasse progredir no meio acadêmico, ele poderia fazer uma dissertação. Isso já era algo mais como uma . Ele … [More]

O que são os antecedentes num artigo científico?

28 April 2019   |  Postado em Manuscript & Grants, Reporting Research   |   Sem Comentário   |  Faça um Comentário

Então você cuidadosamente escreveu seu artigo e provavelmente já o circulou entre os seus colegas entre dez a quinze vezes. Embora existam muitos elementos para um bom artigo científico, um dos elementos mais importantes para os seus leitores são os antecedentes do seu estudo. São eles que darão um contexto às informações discutidas ao longo do artigo. Os antecedentes podem incluir estudos importantes e relevantes. Isso é particularmente importante se um estudo apoiar ou refutar a sua tese.

Além disso, os antecedentes do estudo discutirão a sua colocação do problema, a sua justificativa e as suas questões de pesquisa. Eles ligam a  e garantem um fluxo lógico de idéias. Assim, ajudam os leitores a … [More]

Pesquisa conceitual ou empírica: qual é o melhor?

27 April 2019   |  Postado em Manuscript & Grants, Reporting Research   |   Sem Comentário   |  Faça um Comentário

A pesquisa científica costuma ser dividida em duas classes: pesquisa conceitual e pesquisa empírica. Antigamente, essas classes tinham maneiras distintas de fazer pesquisa e um pesquisador tinha orgulho de se dizer de um tipo ou do outro, elogiando o seu método e desprezando o outro. Entretanto, hoje, essa distinção não é mais tão clara.

Pesquisa conceitual: caneta e papel

A pesquisa conceitual concentra-se no conceito ou teoria que explica ou descreve o fenômeno a ser estudado. O que causa uma doença? Como podemos descrever os movimentos dos planetas? Quais são os blocos de construção da matéria? O pesquisador conceitual senta-se à mesa com uma caneta na mão e tenta resolver esses problemas pensando neles. Ele não faz experimentos, mas pode … [More]